Legislação - Lei Ordinária


Lei nº 1247/1988 Data da Lei 06/03/1988



Hide details for Texto da LeiTexto da Lei

O Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, nos termos do Artigo 193, § 4º, da Constituição Estadual, promulga a Lei n.º 1247, de 3 de junho de 1988, oriunda do Projeto de Lei n.º 2015-A, de 1987.

LEI N.º 1.247, DE 3 DE JUNHO DE 1988
Autor: Vereador Maurício Azêdo Art. 1º - A requisição de servidores de outros órgãos públicos pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro será feita sem ônus para a Câmara e se circunscreverá a órgãos da administração direta e indireta do Município do Rio de Janeiro.

Parágrafo Único – Em nenhuma hipótese se admitirá a requisição de servidores da administração direta ou indireta de outras Prefeituras Municipais.

Art. 2º - É vedado o pagamento ao servidor requisitado a qualquer título, de gratificações, diárias-prêmios por sessões de qualquer espécie, reembolso de despesas de alimentação e transporte, representação de gabinete, e outras gratificações que venham a ser criadas.

Art. 3º - A requisição de servidor pela Câmara só será permitida para ocupação de cargo em comissão ou exercício de trabalho técnico-científico.

Parágrafo Único – É considerada condição essencial para requisição que o servidor tenha efetivo exercício em cargo ou emprego público pelo prazo mínimo de 3 (três) anos.

Art. 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Câmara Municipal do Rio de Janeiro, em 3 de junho de 1988.

ROBERTO RIBEIRO
Presidente

Status da Lei Em Vigor

Show details for Ficha TécnicaFicha Técnica

Hide details for Leis relacionadas ao Assunto desta LeiLeis relacionadas ao Assunto desta Lei




HTML5 Canvas example