Legislação - Lei Ordinária


Lei nº 2155/1994 Data da Lei 05/30/1994



Hide details for Texto da LeiTexto da Lei

LEI Nº 2.155 DE 30 DE MAIO DE 1994.

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO,

Faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte lei:

Art. 1º - Pelo desempenho das atividades ligadas direta e indiretamente ao Controle Externo deferido ao Tribunal de Contas do Município, consoante o estabelecido nas Constituições Federal (art. 75) e Estadual (art. 124, § 3º), e na Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro (art. 88), será atribuída aos servidores de que trata o anexo único (vencimento) da Lei nº 1979, de 31 de maio de 1993, a Gratificação de Controle Externo, conforme disposto nesta Lei.

Parágrafo único - Fica extinta a gratificação de que trata a Lei nº 1699/91 em seu art. 9º.

Art. 2º - A gratificação ora instituída constitui-se de um sistema de pontos, com um limite máximo individual de duzentos e quarenta para os servidores ocupantes de cargos cujo provimento exija Curso Superior, de cento e sessenta para os de Nível Médio e de oitenta para os de Nível Elementar.

§ 1º - O valor unitário do ponto será equivalente a vinte e nove por cento da Unidade de Valor Fiscal do Município - Unif, vigente no primeiro dia do mês a que se refere o pagamento, ou à unidade que venha a substituí-la.

§ 2º - A gratificação de que trata esta Lei incorporar-se-á aos vencimentos, para efeito do cálculo da Gratificação Adicional por Tempo de Serviço, prevista no art. 126 da Lei nº 94/79.

Art. 3º - Aos ocupantes de cargos em comissão e funções Gratificadas, não detentores de cargos efetivos, será atribuída a gratificação de que trata esta Lei, nos mesmos limites fixados no artigo anterior, observando-se o nível de formação do titular de cada um.

Art. 4º - A presente gratificação será estendida ao pessoal inativo do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, obedecidos os mesmos critérios aplicáveis aos da ativa, suprimida dos proventos a gratificação extinta pelo Parágrafo Único do art. 1º desta Lei, exceto se resultar prejuízo financeiro para o aposentado, hipótese em que prevalecerá a situação anterior.

Art. 5º - Ficam criadas, na estrutura organizacional do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, a Assessoria Jurídica e a Assessoria de Informática, conforme disposto no Anexo I da presente Lei.

Art. 6º - A 7ª Inspetoria, criada pela Lei nº 1979, de 31 de maio de 1993, em seu art. 5º, terá a estrutura prevista no Anexo II.

Art 7º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos financeiros a fevereiro de 1994, revogadas as disposições em contrário.

CESAR MAIA



A N E X O I


ASSESSORIA JURÍDICA
Nº DE CARGOS
SÍMBOLOS
    I - Assessor Jurídico Chefe
    II - Assessor
    - Assistente
    III - Assistente II
01
01
02
01
DAS-8
DAS-7
DAS-6
DAI-6
ASSESSORIA DE INFORMÁTICA
Nº DE CARGOS
SÍMBOLOS
    I-Assessor Chefe de Informática
    II - Assessor
    - Assistente
    III - Assistente II
01
01
02
01
DAS-8
DAS-7
DAS-6
DAI-6



A N E X O II
INSPETORIA
Nº DE CARGO
SÍMBOLO
Inspetor Geral
Inspetor Setorial
Assessor
Assistente II
Secretário II
01
02
02
01
02
DAS-9
DAS-8
DAS-7
DAI-6
DAI-5




Status da Lei Em Vigor


Hide details for Ficha TécnicaFicha Técnica

Projeto de Lei nº Proj. Lei 620-A/94 Mensagem nº
Autoria TCM TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO
Data de publicação DCM 05/31/1994 Página DCM
Data Publ. partes vetadas Página partes vetadas
Data de publicação DO Página DO

Observações:



Sancionado Lei nº 2155/94 em 30/05/1994
Tempo de tramitação: 26 dias.
Publicado no DCM em 31/05/1994 pág. 3 - SANCIONADO
Publicado no D.O.RIO em 31/05/1994 pág. 2 - SANCIONADO

Forma de Vigência Sancionada







HTML5 Canvas example