ORDEM DO DIA
Projeto De Lei 1636/2015


__________________________________________________________________

Data da Sessão:08/01/2019Hora:04:24 PM
__________________________________________________________________


Texto da Ordem do Dia

O SR. PRESIDENTE (JORGE FELIPPE) - ANUNCIA-SE: EM TRAMITAÇÃO ORDINÁRIA, EM 2ª DISCUSSÃO, QUÓRUM: MS, PROJETO DE LEI Nº 1636/2015 DE AUTORIA DOS SENHORES VEREADORES ZICO E MARCELINO D'ALMEIDA, QUE "CRIA A ÁREA GEOGRÁFICA DA ZONA LESTE, COMPREENDIDA PELA JUNÇÃO DAS REGIÕES ADMINISTRATIVAS XVI, XXIV E XXXIII E SEUS RESPECTIVOS BAIRROS, SITUADOS NA ÁREA DE PLANEJAMENTO 4, QUE PERTENCIAM A ÁREA GEOGRÁFICA DA ZONA OESTE."

(INTERROMPENDO A LEITURA)
Em discussão.
Não havendo quem queira discutir, encerrada a discussão.
Em votação.
O SR. TARCÍSIO MOTTA – Para encaminhar, Senhor Presidente.
O SR. PRESIDENTE (JORGE FELIPPE) – Para encaminhar a votação, o nobre Vereador Tarcísio Motta, líder do PSOL, que dispõe de três minutos.
O SR. TARCÍSIO MOTTA – Senhores Vereadores e em especial nobres Vereadores Marcelino, Zico e vereadores que estão defendendo esta proposta. Eu já havia registrado voto contrário na primeira discussão, farei o mesmo hoje. Gostaria apenas de esclarecer o que é isso. É porque no final das contas, embora seja razoável do ponto de vista político-administrativo imaginar que a Zona Oeste tem, nesse caso, a divisão da Zona Oeste em duas zonas diferentes, faça sentido dadas as suas características políticas, sociais e econômicas, não faz o menor sentido geográfico chamar aquela região do território de Zona Leste. A gente não pode, num projeto de lei, numa proposição, que tem até algum sentido do ponto de vista social, econômico e político, rasgar os livros de Geografia.
Isso sim é um problema que, na verdade, eu acho que a gente deveria ter evitado. Cheguei a conversar com alguns assessores e vereadores que podia ter se encontrado outro nome – zona oceânica, zona “alguma outra coisa”. Mas ali não é o Leste. Não adianta. Não dá para chamar de Zona Leste aquele território. Então, como professor de História, como professor que sou, eu registro novamente. Não vou fazer nada para evitar que o projeto seja aprovado, mas queria também explicar por que é que vou registrar o meu voto contrário e recomendando, encaminhando Bancada do PSOL o voto contrário a esta proposição.
O SR. PRESIDENTE (JORGE FELIPPE) – Em votação.
Os senhores vereadores que aprovam permaneçam como estão.
Aprovado.
O SR. DR. JAIRINHO – Verificação nominal de votação, Senhor Presidente.
O SR. PRESIDENTE (JORGE FELIPPE) – Solicitada a verificação nominal de votação pelo Senhor Vereador Dr. Jairinho.
Os terminais de votação encontram-se liberados.
(Os senhores vereadores registram seus votos)
O SR. PRESIDENTE (JORGE FELIPPE) – Como vota a Senhora Vereadora Luciana Novaes?
A SRA. LUCIANA NOVAES – Não.
O SR. PRESIDENTE (JORGE FELIPPE) – Consignando os votos dos Senhores Vereadores Luciana Novaes, NÃO; Dr. Jorge Manaia, SIM.
Está encerrada a votação.
(Concluída a verificação nominal de votação, constata-se que votaram SIM os Senhores Vereadores Alexandre Isquierdo, Átila A. Nunes, Dr. João Ricardo, Dr. Jorge Manaia, Marcelino D' Almeida, Paulo Messina, Prof. Célio Lupparelli, Rafael Aloisio Freitas, Rocal, Vera Lins, Veronica Costa, Welington Dias, Zico e Zico Bacana 14 (quatorze); e que votaram NÃO os Senhores Vereadores Alexandre Arraes, Cesar Maia, Dr. Carlos Eduardo, Dr. Jairinho, Fernando William, Italo Ciba, Jorge Felippe, Junior da Lucinha, Leandro Lyra, Luciana Novaes, Major Elitusalem, Renato Cinco, Tarcísio Motta, Teresa Bergher e Thiago K. Ribeiro 15 (quinze). Absteve-se a Senhora Vereadora Tânia Bastos 1 (uma). Presentes 30 (trinta) senhores vereadores. Votando 29 (vinte e nove) senhores vereadores)
O SR. PRESIDENTE (JORGE FELIPPE) – Presentes 30 (trinta) senhores vereadores. Votaram SIM 14 (quatorze) senhores vereadores; NÃO 14 (quatorze) senhores vereadores. Absteve-se 1 (uma) senhora vereadora.
Em virtude do empate, proferirei o voto de minerva: NÃO. Dessa forma, o resultado final da votação é SIM 14 (quatorze) senhores vereadores; NÃO 15 (quinze) senhores vereadores. Absteve-se 1 (uma) senhora vereadora.
O Projeto de Lei nº 1636/2015 está rejeitado e segue ao arquivo.