Discurso - Vereador Rocal -

Texto do Discurso

O SR. ROCAL – Senhor Presidente, senhoras e senhores vereadores: hoje, neste último dia de sessão, eu gostaria de começar fazendo meus agradecimentos, porque não tem como chegar a esta Casa sem passar por tantas pessoas com quem convivemos o ano todo e, mais do que nunca, dizer a cada um de vocês o nosso “muito obrigado”.
Eu quero começar pela Segurança, pela Diretoria de Transportes. Quando chegamos à Casa, temos aqui toda uma atenção até para estacionar os nossos carros. Os seguranças todos com quem convivemos aqui no dia a dia, em cada corredor desta Casa Legislativa. A recepção tão calorosa, sempre com “bom-dia”, com “boa-tarde”, com “boa-noite”, sempre atentos, sempre receptivos.
Os ascensoristas, seja para o 1º andar que você vá, seja para o 2º, para o 10º, estão sempre atentos, estão sempre solícitos.
Quando os bons assessores chegam ao seu gabinete, eles encontram o DCM. Quem fez?! Quem preparou? Quem passou a noite toda lá elaborando?!
Então, eu já queria mais do que nunca agradecer à Secretaria da Mesa Diretora e a cada diretoria: à Diretoria de Apoio Legislativo, que é responsável por Atas e Debates, pela Taquigrafia; à Equipe de Som; à Diretoria de Processamento Legislativo, que faz o serviço de acompanhamento das proposições, das moções e indicações, dos avulsos, dos autógrafos; à Diretoria de Comissões, que faz os registros e acompanhamento de proposições, o registro de projetos. Agradeço ao Cerimonial, à equipe de Manutenção e Limpeza desta Casa.
Parece besteira, mas até aquele que acende e apaga a luz ao término de uma sessão legislativa, que fica tomando conta do ar-condicionado. Cada pessoa é importante nesse processo.
Esta Casa tem um síndico. Então, quero agradecer também ao Síndico Jonatan. E à Consultoria e Assessoramento Legislativo, que faz um trabalho também ímpar para os vereadores – para esta Casa como um todo. À Consultoria Técnica da Mesa Diretora, e aqui está o André, o José Carlos... são essas pessoas.
Quero agradecer à Assima. Agradecer à Rio TV Câmara, agradecer à Ascom, aos nossos amigos do cafezinho – o Chico e o Jorge, que estão sempre aqui e à cada pessoa que trabalha no cafezinho de cada um dos andares.
Agradeço à Diretoria-Geral de Administração, com todos os seus serviços, Departamento Pessoal, Pagamento e tantos outros órgãos vinculados à DGA.
E agradeço também a cada vereador, pela convivência diária, na concordância, na discordância e, principalmente aos assessores, qualificados, que muitas vezes, mesmo sendo assessores de outros vereadores, acabam dando dicas: “Vereador, está sendo votado o requerimento de adiamento”, “Vereador, esse é polêmico”, “Ih, esse aí é maioria absoluta”, “É maioria simples, porém...”.
Ou seja, vereador sem assessoria não é nada. Então, quero fazer meu registro de agradecimento a todos por este ano maravilhoso que passamos aqui. Aliás, “ano maravilhoso”, entre aspas, pois foi um ano muito difícil. Este ano muitas coisas negativas aconteceram nesta Casa. Não tem como não começar falando da morte da nossa querida colega Marielle. Foi um ano difícil. Um ano difícil que foi seguido por muitas dificuldades financeiras da Prefeitura, que, consequentemente, refletiram na população carioca. Nós que somos vereadores praticamente distritais – mesmo não existindo o voto distrital e, por exemplo, eu sou de Campo Grande, de Rio da Prata – sabemos como foi difícil para a população local fazer o acompanhamento da Prefeitura, com seus serviços, naquela região, principalmente na área da Saúde e da Educação.
Porém, é nas dificuldades que crescemos. Quando a coisa está boa e está maravilhoso para todo mundo. Estar bem significa quase nenhuma reflexão. No momento do aperto, até a nossa casa é onde nos tornamos unidos. É aí que crescemos, é aí que temos o grande aprendizado, é exatamente aí que a Câmara de Vereadores também deu sua contribuição para que a Prefeitura do Rio de Janeiro, ano que vem, possa passar a respirar melhor e honrar seus compromissos. Foram várias, várias proposições do Executivo para o qual a Câmara Municipal deu sinal positivo.
Outra coisa, Senhor Presidente: eu não poderia deixar de agradecer à população de Campo Grande, que, mesmo diante de tanta dificuldade, confiou não só no Vereador Rocal, mas nos tantos outros vereadores que moram em Campo Grande, cada um em sua região, cada um com suas dificuldades, cada um com sua maneira de trabalhar. Mas eles acompanharam de perto que não se pode fazer política na região de Campo Grande simplesmente com rede social ou com mensagens negativas para o colega.
Voltando um pouco mais para o meu eixo – não é, Vereador Chiquinho Brazão? – o eixo de Rio da Prata, eu queria aproveitar para fazer um agradecimento à Banda do Corpo de Bombeiros, que ontem esteve lá, na Árvore de Natal do Rio da Prata – nossa quarta edição da Árvore de Natal. Ano passado, foi a Banda da Polícia Militar, ano retrasado foi a banda da igreja local. Este ano, tivemos a honra de ter a Banda do Corpo de Bombeiros, que, com certeza, foi o marco da nossa árvore, na comemoração de Natal.
Hoje, pela manhã, tive mais uma honra de fechar o ano com chave de ouro: inauguramos o Colégio da Polícia Militar, em Campo Grande. Ora, Colégio da Polícia Militar em Campo Grande? De onde saiu isso? Saiu de um trabalho sério. Saiu, exatamente, do acreditar, do não sonhar sozinho – pois quando sonhamos sozinhos, acordamos no dia seguinte e nada produz. Esse sonho foi coletivo. Ao acordar, tive a possibilidade de dar as mãos para outras pessoas que sonhavam por igual. Hoje, acompanhado do nosso futuro Vice-Governador, Cláudio Castro, inauguramos a segunda unidade do Colégio da Polícia Militar – cuja matriz é em Niterói – em Campo Grande. Então, a população campo-grandense, pela manhã de hoje, ficou feliz, porque, em fevereiro de 2019, já começa a primeira turma do Colégio da Polícia Militar naquela região.
O nosso mandato fica cada vez mais feliz e honrado. Sabemos que nem tudo conseguimos, mas tudo o que conseguimos está lá, em Campo Grande, nessa cidade maravilhosa.
Muito obrigado, Senhor Presidente.
Feliz Natal. Boas festas a todos!