ORDEM DO DIA
Pela Ordem



Texto da Ordem do Dia

A SRA. TÂNIA BASTOS – Apenas para corroborar com as palavras da Vereadora Teresa Bergher, que também é coautora desse Projeto de Resolução. Quero dizer que é muito triste um momento como esse, que deveria ser para todos nós aqui, vereadores, um momento de alegria, por estarmos aqui colocando uma placa representando uma colega que esteve conosco por pouco tempo – um ano e dois meses mais ou menos – e que morreu de uma forma trágica.
Ainda bem que a família da Marielle Franco não estava aqui no momento em que nós colocamos esta placa, porque seria triste. A família da Marielle Franco já vem sofrendo com a ausência dela, seria muito triste ter um momento como esse. Uma discussão que não tem cabimento. Até então, na primeira reivindicação do Vereador Willian Coelho, e que ele tem todo o direito de fazer, estudou-se a oportunidade de, ao menos, colocarmos a placa exatamente do lado direito, onde os vereadores sobem à Tribuna para fazer seus discursos; que foi, a princípio, o nosso pedido. E isso já estava sacramentado, nós já tínhamos discutido, já estava sendo aceito por todos os vereadores.
Mas o que entristece a gente é que o Projeto de Resolução foi aceito por todos os vereadores e, quando nós votamos nesta Casa, foi aprovado por unanimidade. Então, Senhor Presidente, o que deveria ser um momento de alegria para todos nós está se tornando um momento de discussões e muito triste, por sinal.
São discussões tristes, porque não haveria necessidade de estarmos aqui fazendo essas colocações. Então, eu gostaria imensamente de pedir ao Vereador Tarcisio Motta e à bancada do PSOL para que retomássemos essa solicitação de colocar a placa exatamente como nós já tínhamos discutido, conversado e aprovado, como seria no início.
E fica aqui, Senhor Presidente, a minha solicitação aos vereadores da bancada da Vereadora Marielle para que possamos realmente fazer aquilo que já tínhamos conversado e já tinha sido aceito pelos senhores vereadores do PSOL. Muito obrigada.