Discurso - Vereador Leandro Lyra -

Texto do Discurso

O SR. LEANDRO LYRA – Boa tarde, Presidente, senhoras e senhores vereadores, cidadãos que nos escutam. Presidente, na semana passada eu vim ao microfone que fica ali no lado direito do Plenário para convidar os cidadãos cariocas, os brasileiros, a participarem das manifestações que ocorreram nesse domingo, dia 26 de maio. Agora, Presidente, na terça-feira, eu não poderia vir nesta Tribuna para fazer outra coisa que não fosse parabenizar a todos aqueles que saíram de suas casas para participar desse dia histórico.
Foi uma manifestação ordeira, republicana, com pautas bem definidas, de apoio à agenda colocada pelo governo do Presidente Jair Bolsonaro; de apoio à reforma da previdência, à nova previdência; de apoio à MP 870, que reduz o número de ministérios, enxuga a máquina pública, faz um governo mais eficiente; de apoio à MP 868, que institui o marco regulatório de saneamento básico no Brasil, avança com a legislação nessa área, que é tão deficiente ainda hoje, em pleno 2019, no nosso país. Uma manifestação que foi às ruas justamente para pedir que o Coaf permanecesse com o Ministro da Justiça Sergio Moro; que foi às ruas para pedir pela aprovação do pacote anticrime, por todas as pautas que tem tudo para colocar o Brasil num caminho de prosperidade, para colocar o Brasil num caminho de crescimento, para colocar o país numa rota de combate à criminalidade sistêmica e à impunidade que tomou conta do estado brasileiro.
Presidente, para quem estava nas ruas, para quem estava ali no Posto 5, na Praia de Copacabana, vendo aquela manifestação, aquela mobilização, centenas, milhares de pessoas nas ruas, diversos carros de som, pessoas de absolutamente todas as idades, jovens, idosos, todos indo com as bandeiras do Brasil nas mãos, com as camisas da seleção brasileira, com seus cartazes, justamente para pedir que o país avance, que esse clima de beligerância, que esse clima de oposição indiscriminada possa dar lugar às agendas e às reformas que o Brasil tanto precisa.
Porque, hoje, Presidente, não há quem negue a importância de uma reforma previdenciária; não há quem negue que nós estamos falhando de maneira básica quando o assunto é combate à corrupção, quando o assunto é criminalidade. Apesar dos avanços com a Operação Lava Jato, de combate à corrupção – nós temos diversos quadros políticos que outrora eram inimagináveis estarem presos, hoje na cadeia –, esse movimento precisa continuar, e foi esse o recado que a sociedade passou para os políticos e para a burocracia estatal brasileira quando foi às ruas, nesse domingo, sendo convocada por uma mobilização que partiu do povo, mesmo com todos os esforços que foram feitos e empreendidos para deslegitimar a manifestação. Porque eu nunca vi uma manifestação que foi tão atacada, tão vilipendiada quanto essa, vilipendiada com antecedência, com uma semana de antecedência; as pessoas querendo desacreditar o povo de ir às ruas se manifestar de maneira legítima, ordeira, republicana, pelas pautas em que acredita; manifestar-se pelas reformas, manifestar-se por tudo aquilo que o projeto que foi eleito, em 2018, está colocando em prática.
E o Brasil tem tudo para seguir adiante, tem tudo para ir para frente – foi esse o recado que os brasileiros deram. Nós temos, hoje, uma equipe de ministros de primeiríssima qualidade, as pessoas mais competentes que nós temos no Brasil. Nós temos, como Ministro da Justiça, o juiz que conduziu as operações de combate à corrupção mais importantes da história do país. Nós temos, no Ministério da Economia, um economista dos mais brilhantes e mais bem formados que nós temos no país. Nós temos, no Ministério da Infraestrutura; nós temos, no gabinete de Segurança Institucional, um general que foi primeiro colocado em todos os cursos que fez em sua carreira. São pessoas de notório saber, de reputação ilibada, dando a sua contribuição para colocar o Brasil num trilho de crescimento, para acabar com o desemprego que assola a população brasileira, com todos os problemas que nós temos na administração pública, nos serviços essenciais da população – saúde, educação e segurança.
Foi isso que foi para as ruas nesse domingo, dia 26. Foi com esse sentimento que a população foi às ruas, para mostrar para todos a importância e a singularidade deste momento pelo qual passa o Brasil, Presidente. Eu volto a dizer que este momento que nós estamos passando é realmente importante, importante porque existe um caminho a ser seguido. Apesar de nós termos certas dificuldades, o trânsito, às vezes nas Casas Legislativas, às vezes no Poder Judiciário, no Executivo, acontece com certos empecilhos. Às vezes, o desenrolar das situações não acontece com o ritmo que todos gostaríamos, mas o sentimento para quem estava domingo nas ruas, para quem estava no Posto 5, vendo tanta gente indo para as ruas pedir por reformas, indo para as ruas pedir por projetos, indo para as ruas brigar por pautas, indo para as ruas brigar por uma agenda que aponta para o futuro do Brasil, isso, não tem como negar, enche de esperança quem pôde participar, quem pôde fazer coro, que pôde ajudar a levar adiante essas mobilizações Brasil afora.
E não teve, Presidente, uma capital que não tivesse. Copacabana ficou cheia. Quem acompanhou pela televisão viu que não conseguiram sequer disfarçar, por mais que tenham tentado, o tamanho e o vulto que tomou a população nas ruas. Quem vê os vídeos, por exemplo, de Vitória, no Espírito Santo – você perde de vista. Quando você vê os vídeos da Avenida Paulista, as pessoas pedindo pelas reformas, gritando o nome, por exemplo, do Presidente da República, gritando o nome do Ministro da Economia, dizendo que o país quer ir adiante. E para quem dizia que as reformas não teriam efeito, para quem dizia que o povo na rua não iria fazer com que o Congresso, que os políticos, que a administração, que a alta burocracia, que o Judiciário, que o Executivo alinhassem as suas posturas, hoje, nós tivemos uma reunião dos chefes dos três poderes para assinar um compromisso com as reformas, com os projetos, com as pautas que têm tudo para levar o Brasil adiante: nova previdência, pacote anticrime, reforma tributária, medida provisória de reforma administrativa e do saneamento básico. São pautas que, uma vez colocadas em prática, têm tudo para mover o Brasil adiante, para ir para cima, em todos os níveis da Federação. É por isso que é importante que absolutamente todos os parlamentos do país estejam imbuídos em falar para a opinião pública, em mostrar o que está acontecendo hoje, no Brasil, seja em nível municipal, seja em nível estadual, seja em nível federal. Porque todos, em absolutamente cada canto, cada rincão do Brasil, serão beneficiados quando o Brasil sair desse desemprego, dessa impunidade, dessa criminalidade sistêmica e começar rumar para a prosperidade, para o crescimento, para o emprego, para o desenvolvimento econômico e para a melhora da qualidade de vida de todos os brasileiros.
Muito obrigado, Presidente.