SESSÃO - EXTRAORDINÁRIA
Pela Ordem




Texto

O SR. LEONEL BRIZOLA – Obrigado, Senhor Presidente, senhoras e senhores Vereadores. Eu acho que a Rosa trouxe o assunto mais importante que a Câmara tem que se debruçar sobre isso. Na verdade, não pode haver um silêncio anormal sobre o que está acontecendo. Quero saber desta informação do Líder do Governo, dos membros do partido do Prefeito. Porque, na minha visão, nem chegamos ainda no meio do pico. Vamos dizer, no meio da tragédia você trocar a Secretária, por disputas de cargos que vai controlar medicamentos, remédios, fornecedores. Ora, me parece que o Prefeito Crivella cada dia mais imita o Presidente Jair Bolsonaro. Eu estava enganado quando chamei o Leandro Lyra de poodle do Bolsonaro, o verdadeiro poodle, que se comporta como um poodle, é o próprio Prefeito Marcelo Crivella.
Já não bastasse colocar um tomógrafo na igreja de propriedade da própria família, um tomógrafo que foi acordado com a própria Associação de Moradores, com a Secretaria Municipal de Saúde, moradores e lideranças da Rocinha, para se instalar na própria UPA, que era adequada. O próprio Vereador Paulo Pinheiro já declarou aqui e mostrou como era adequado, entra caminhão, entra tudo ali, tem perfeitamente espaço para terem colocado o tomógrafo lá, inclusive houve um panelaço na Rocinha por estarem revoltados com essa atitude do Prefeito, e me chegam aqui, inclusive, denúncias, suspeitas, que não posso comprovar, de que a própria irmã do Crivella trabalha nessa igreja.
E no momento em que a gente mais precisa de informação, que a população está atordoada, as mortes cada vez mais batendo nas nossas portas, no ambiente em que trabalhamos, o Prefeito Crivella troca – e as pessoas acham normal? Não é normal, é um indício forte de que está havendo uma manobra política dentro da Secretaria e dentro do Governo do Marcelo Crivella, basta ver seus outros acordos espúrios para salvar a degola do seu impeachment e da sua CPI dentro da Câmara de Vereadores.
Esta Câmara de Vereadores tem “passado a mão na cabeça” do Crivella há quatro anos, não só a mão, mas embala o Crivella todo o dia, “dá de mamar” e “põe para dormir”, e não há um senão, ninguém acha grave? Sinceramente, eu fico estarrecido, porque era a única Secretaria que eu considerava que funcionava nesse desgoverno.
Todo político deixa uma marca política. Qual é a marca do Crivella? Nenhuma, zero! Até o Bolsonaro deixa a marca dele, não é? É a marca do ódio, do desamor, do desmonte do Estado Brasileiro, da confrontação com os Poderes, do autoritarismo; mas qual é a marca do Crivella? São os acordos políticos? Quem é essa pessoa, essa eminência parda que está comandando por trás da Prefeitura? É o senhor Rodrigo Bethlem, que tem uma ficha corrida maior que o Corcovado?
Ou seja, até aí o Crivella promove as mesmas alianças, como Bolsonaro está promovendo em Brasília, com Roberto Jefferson, Arthur Lira, entregando parte do seu governo, num “toma lá, dá cá”.
Será que é isso que está ocorrendo agora, na Secretaria mais importante neste momento, onde ali estavam colocados profissionais de alto escalão e com expertise?
Houve equívocos no desmonte da Atenção Básica de Saúde, nas Clínicas da Família, na demissão de médicos, enfermeiros e agentes de saúde, mas dentro desse quadro da pandemia, a Secretária estava pelo menos ao lado da Ciência, ao lado da transparência, ao lado das universidades, era o único ponto de equilíbrio desse governo fundamentalista, pelo qual eu tinha respeito. É bom que tira a máscara e mostra de fato qual é a intenção.
Então, Senhor Presidente, senhoras e senhores vereadores, eu gostaria de escutar aqui da base do governo qual é o objetivo disso. Eu não posso escutar: “Ah, olhe, é prerrogativa do Prefeito, ele pode trocar”. Não, neste momento não pode! Ou há algo que não sabemos? Há algo oculto, existe um sujeito oculto por trás disso aí? Como é que você troca, no meio de uma tragédia, a Secretária de Saúde, neste momento?
Senhor Presidente, vou concluir e respeitar meus cinco minutos, como tenho respeitado regimentalmente aqui. Eu acho um absurdo e gostaria de ter uma explicação dos membros do governo e do líder do governo.