SESSÃO - EXTRAORDINÁRIA
Pela Ordem




Texto

O SR. INALDO SILVA – Senhora Presidente, senhores vereadores. Eu venho aqui agradecer a todos pelo unânime voto que permitia à Igreja Batista a atitude de construir o seu templo. Deixa-me só explicar rapidamente: quando eu cheguei a esta Casa, a primeira lei que eu aprovei foi o dia do Encontro Interdenominacional. O que é isso? É o dia da igreja sem placa. Porque nós parecíamos facções: batista, metodista, presbiteriano... Nós somos um só povo e com diferente liturgia.
O Pastor Josué Valandro nos procurou, não o conhecia, não sabia, e me explicou da dificuldade que ele tem. Ele tem um templo com capacidade de 4.500 lugares, só que é uma tenda. Ele tem um terreno que é dele, mas ele não poderia construir uma igreja. A igreja dele cresceu muito. Ele tem 15 mil membros todos os domingos na igreja. Em frente à igreja dele, tem um prédio de 30 andares, atrás tem outro prédio de 30 andares, e ele queria construir vertical e horizontal a igreja dele, mas não podia por causa do solo. Eu procurei o Presidente e o Presidente achou muito difícil nós conseguirmos, devido a tanta coisa que estava acontecendo. O jornal mencionou que nós queríamos transformar a Barra da Tijuca em igreja. E, graças a Deus, eu fui a todas as comissões.
Quero agradecer a cada um que faz parte da Comissão, que permitiu nós colocarmos o projeto para frente, aqui, conversando com cada vereador sobre a importância dele. Porque a igreja já existe naquele lugar. Ele só queria construir para dar mais mobilidade e para dar melhores condições aos seus membros.
Graças a Deus! Hoje aqui, em segunda, o projeto não teve nenhuma oposição. Quero agradecer ao pessoal do PSOL e ao pessoal que votou com a gente, e aos nossos vereadores da base. É um projeto que vai beneficiar a Igreja Batista Atitude da Barra da Tijuca. Está de parabéns o Pastor Josué Valandro. Está de parabéns o povo da Igreja da Barra da Tijuca.
Alguns Vereadores quando viram o projeto me disseram: “Bispo, deixa eu ser coautor?” Eu, sem problema nenhum ofereci a coautoria ao Felipe Michel que está com a gente e ao Marcelo Siciliano que também está com a gente. Eu dei a coautoria a todo mundo porque não é um projeto de um vereador, mas, sim de todos.
Então, eu agradeço a todos que deram à Igreja Batista Atitude a condição de poder construir o seu templo. Muito obrigado.