SESSÃO - EXTRAORDINÁRIA
Pela Ordem




Texto

O SR. TARCÍSIO MOTTA – Rapidamente, eu não poderia deixar encerrar esta Sessão sem fazer um registro. Hoje pela manhã, o Vereador Nivan, do Patriotas de Duque de Caxias, foi sequestrado. Ainda bem, já retornou à sua residência e o episódio está sob investigação.
Eu conheço o Nivan dos tempos em que eu fui diretor do Sepe em Duque de Caxias. Apesar de discordar muitas vezes dos posicionamentos dele, sempre foi alguém que recebeu muito bem os profissionais da Educação.
Ultimamente, ele era líder do governo Washington Reis e as coisas estavam estremecidas com os profissionais de educação da rede. Se este for mais um episódio de violência política na Baixada Fluminense, precisa ser repudiado por todos nós, independentemente dos posicionamentos políticos e da coloração partidária.
Esperamos que não tenha sido o caso e que, portanto, tudo possa ser esclarecido da melhor forma possível. Que os criminosos sejam devidamente responsabilizados. Mas eu não poderia deixar de, aqui na Câmara Municipal, registrar toda a minha solidariedade ao Vereador Nivan pelo acontecido, cobrando que a gente, como um conjunto de cidadãos, em nome da democracia, precisamos repudiar qualquer ato de violência política, de violência que tenha por elemento qualquer discordância política. Discordância, a gente resolve no voto e no debate; não com violência.
Muito obrigado, Senhor Presidente.